20 de dezembro de 2012

Corpo de soldado do Exército desaparece de hospital no RJ

Corpo de militar morto em acidente desaparece de hospital no RJ
Hospital da Posse diz que corpo foi levado pelos bombeiros para o IML.
Douglas da Silva, de 19 anos, morreu após acidente de moto, no domingo..

O corpo do militar do Exército Douglas da Silva, de 19 anos, desapareceu do Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. No domingo (16), o jovem sofreu um acidente de moto e morreu, conforme mostrou o RJTV. A família registrou o caso na 58ª DP (Posse).
O Hospital da Posse informou que a remoção do corpo de Douglas foi feita pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com o hospital, a responsabilidade pela localização do corpo é da corporação ou do Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu, para onde o corpo foi levado.
O Corpo de Bombeiros informou que documentos comprovam a entrega do corpo ao IML. A Polícia Civil, responsável pelo IML, informou que não foi possível fazer a identificação pelas digitais e que o estado de decomposição avançado não bate com a data da morte informada pelo Hospital da Posse. Segundo o IML, a confirmação da identidade só será possível através de exame de DNA.
Na 58ª DP (Posse), foi instaurado um inquérito para apurar o crime de ocultação de cadáver.
Segundo os familiares de Douglas, um amigo também estava com ele no momento do acidente. A equipe médica informou que ele teve traumatismo craniano e morte cerebral. Segundo a mãe adotiva dele, Márcia Regina da Silva, Douglas era um exemplo de filho. "Ele era um menino muito bom, não me desobedecia nem me respondia", disse.
A irmã de Douglas, Jéssica da Silva disse que foi a última pessoa a vê-lo no hospital. "Os batimentos cardíacos estavam normais, a pressão estava 11 por 7 . A menina falou que o estado dele era o mesmo: grave, mas estava estável. Ele não estava nem melhorando nem piorando", contou.
Jéssica acrescentou que quando foi fazer o reconhecimento do corpo, descobriu que não era do seu irmão. "Ele tem uma queimadura na perna e o corpo não tinha essa queimadura e o cadáver era calvo e ele não era calvo", completou.
A família do jovem disse ainda que a ouvidoria do hospital não sabe dizer o que aconteceu com o corpo de Douglas. O amigo quer estava na moto com ele, teve uma fratura no fêmur e permanecia internado até as 7h30 desta quinta-feira (20).
G1/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Militares de Santiago são investigados....

http://www.rafaelnemitz.com/2012/12/militares-de-santiago-sao-investigados.html

Anônimo disse...

Eu era Sgte aqui no Rio quando um soldado da minha Cia se acidentou de moto, fraturas expostas, na mesma hora entrei em contato com a familia do soldado pra saber onde ele estava, pra minha "surpresa" ele estava largado em um corredor do hospital em São Gonçalo-RJ, aguadando uma cirurgia que tinha que ser urgente, levei o problema pro SubCmt e na mesma hora o SubCmt ligou pra o hospital determinando pro médico de plantão transferir o Sd para o HCE, não demorou nem meia hora chegou uma hambulancia do SAMU e transferiu o Sd e hoje ele se recupera das fraturas.
Falta boa vontade pra ajudar o proximo.
Tenham um ótimo natal.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics