24 de outubro de 2012

Ministro italiano é acusado de ganhar 'por fora' por venda de fragatas à Marinha do Brasil

‘Compagni’
Está enrolado o ex-ministro do Desenvolvimento... da Itália. Claudio Scajola teria levado uns 11% “por fora” na venda de fragatas da estatal Finmeccanica à Marinha do Brasil. “Foi tudo oficial”, rebate o italiano.

Ex-ministro italiano é investigado pelo crime de corrupção no Brasil
O ex-ministro italiano do governo de Silvio Berlusconi, Claudio Scajola, é investigado pela justiça de seu país pelo crime de corrupção internacional por sua suposta mediação em 2010 na venda de fragatas ao Brasil, indicaram nesta terça-feira (24) meios de comunicação italianos. "Scajola era considerado um canal privilegiado com o Ministério da Defesa do Brasil", acusou o ex-diretor de comunicações da gigante italiana Finmeccanica em declarações ao Ministério Público. De acordo com os principais jornais italianos, o Ministério Público de Nápoles investiga a regularidade dos contratos milionários assinados entre filiais da Finmeccanica e o Brasil, assim como o papel desempenhado pelo ex-ministro Scajola na operação.
Cláudio Humberto/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

E os Brasileiros não levaram nada? Tem muitos milicos da Marinha com medo de ele abrir a boca. Somos um dos Países mais corruptos do mundo e se o Ministro italiano levou 11% imaginem os Brasileiros.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics