23 de setembro de 2012

Sargento que saiu do Exército por falta de perspectiva profissional é referência sobre desmotivação no serviço público

Falta de motivação e salários baixos estimulam saída de funcionários da área pública

ALESSANDRA HORTO
Sonho para muitos concurseiros, a carreira pública nem sempre é um mar de rosas para quem já está dentro dela. Falta de condições de trabalho, salários baixos, atividades estagnadas e salários maiores na iniciativa privada são alguns exemplos que motivam o servidor a pedir para sair dos quadros de pessoal dos órgãos públicos.
Exemplo recente é do ex-segundo sargento Pacelli, que pediu baixa em setembro deste ano do 62º Batalhão de Infantaria e do Exército Brasileiro. A cerimônia de desligamento aconteceu na quinta-feira, quando depois de 12 anos de serviço militar, ele se tornou o civil Eugênio Pacelli Paz Vieira da Costa.
Leia também:
Sargento do Exército pede demissão por falta de perspectiva profissional
Em sua carta de demissão, ele deixou claro que não sofre de tipo de desvio de vocação, principalmente, por ser filho de militar e ter estudado no Colégio da Polícia Militar de Pernambuco. Segundo Pacelli, o desligamento tem motivação financeira, “tendo em vista a crise salarial que assola a massa de oficiais e sargentos e a falta de perspectiva profissional já atingiram até a Academia das Agulhas Negras”.
Pacelli se formou em Direito e vai ser sócio de escritório: “De imediato, terei remuneração superior ao que recebia como militar”.
O Dia OnLine/montedo.com

17 comentários:

Anônimo disse...

É isso aí, mocidade. Estudem e caiam fora.
Pede para sair, mas sair para uma situação melhor.

Anônimo disse...

Não apenas sair para uma situação melhor, mas sair com dignidade. Sair pela porta da frente, assim como entrou.

Mais um profissional de valor que se vai... Infelizmente para a Força, mas felizmente para ele, que redirecionou seus caminhos.

Boa sorte, Sgt Pacelli!!!

Anônimo disse...

Lá no meu quartel dois sargentos passaram no concurso para a PRF irão começar o curso de formação esta semana. Mais dois que deixam as fileiras do exército para melhorar suas vidas aí fora. Na EsSLOG mais de 80% dos alunos já pensam em cair fora assim que se formar, quer dizer os caras só querem fazer o pé de meia e cair fora. Os caras não pensam mais em seguir carreira. VERGONHA, SENHORA PRESIDENTE.

Anônimo disse...

Companheiros, acreditem!!!! Os comandantes estão preocupados....Estão trabalhando para evitar isso!!!! O CHQAO é um elemento motivador para inibir essas posturas....Acreditem, acreditem....Os oficiais passam noites preocupados com essa situação....Sgt

Sargento Concurseiro disse...

Pudera!

Com este Plano de "Carreira" horrível que os sargentos tem.

Falta é vontade de melhorar. É tudo regulado por portaria, ou seja, está tudo nas mãos do Comandante do Exército.

E ainda ficam insistindo neste negócio de valorização dos sargentos.

Que valorização é essa?
Aumentar os interstícios das promoções?
Colocar sargentos para fazer sindicâncias?
Colocar sargentos para carregar bandeira?
Criar um distintivo de borracha (sargento-brigada)?


Ou eles (oficiais) se fazem de bobos ou estão vivendo em "O Fantástico Mundo de Bob".

RAIMUNDONONATO DA SILVA disse...

Eu fiquei, coitadode mim, sei tudo é verdade!Mas, fiquei por não ter investido em estudo, abracei com amor embora sujeito a desmotivação que hora sufaca FFAA. Tenho a alegria de ver colegas como Pacelli que mesmo deixando lacunade saudades o calor do ombro-a-ombro em busca de uma sobrevivência menos sofrida.
Assim ficaremos sonhando com a esperança de dias melhores que teimam em não chegar.
Abraços Pacelli

Anônimo disse...

ASSIM COMO O PACELLI MILHARES DE SARGENTOS DE CARREIRA IRÃO CAIR FORA DAS FILEIRAS DO EXÉRCITO NOS PRÓXIMOS ANOS. AQUI NO RIO DE JANEIRO AS SALAS DE PREPARATÓRIOS ESTÃO CHEIAS DE MILITARES PRINCIPALMENTE SARGENTOS SE PREPARANDO PARA AUDITOR, PF, BANCO CENTRAL, TRE, PRF, TRT, TRF, ETC. EU MESMO ESTOU NO TERCEIRO ANO ME PREPARANDO PARA O CONCURSO DA PF EM BREVE CAIREI FORA DO EXÉRCITO. SELVA!!!

Anônimo disse...

A aspiração por uma vida melhor para si e seus familiares é um sentimento legítimo e direito de todo ser humano!

Anônimo disse...

Parabens brother, boa sorte, a carreira de sargento do exército é um lixo, quem fala algo diferente está por fora. Como tranpolim é uma boa pedida!

Anônimo disse...

Alguém poderia me responder a seguinte pergunta: para que serve as FFAA brasileira, afinal?
Não combate o tráfico de armas e drogas, não patrulha nada nem por terra, mar ou ar, não serve de espelho como ética pois a ética é o errado e o levar vantagem no Brasil, não faz nada além do limite da seriedade o resto é maquiagem, mentiras e brincar de teatro, deixou os valores morais se inverterem. Afinal, qual é a serventia das FFAA brasileira, que justifiquem um mega investimento no material humano e logístico? Acho que os políticos também fazem as mesmas colocações e questionamentos a respeito.

Anônimo disse...

Quanto ao comentário do Anônimo 20:47, talvez o rei e os súditos do Kuwait fizessem as mesmas perguntas, quando foram invadidos pelo Iraque...

Anônimo disse...

Vamos meter o pé galera, pois as perspectivas para o futuro são trágicas: com o aumento do número de baixas entre os sargentos recém formados, a tendência é que o interstício para promoções aumente consideravelmente, pois a força está até a tampa de ST e terceiro sargento que é bom, nada.O concurso para a EsSA tá com os dias contados pois ninguém quer mais se submeter aos sacrifícios inerentes à profissão militar, para ganhar uma merreca de salário. É triste mas quem achar que tô falando besteira, tá vivendo no passado. O futuro da FFAA no Brasil é incerto e como diria o senhor Omar de "TODO MUNDO ODEIA O CHRIS": TRÁGICO!!!!!

Anônimo disse...

"Carreira de sargento"???? Quem disse que sargento tem carreira??? A coisa toda é uma enganação só! Uma pegadinha que já começa nas propagandas mentirosas da ESA. Ou alguém aqui já viu, por exemplo, o fuzil (que eu nem sei qual é o nome) que aparece em um dos anúncios do concurso da ESA???? Não sei como é que ainda existem sargentos que têm a cara-de-pau de "pagar embuste" em redes sociais, fazendo propaganda de algo que NÃO VIVEM!

Anônimo disse...

A situação é trágica mesmo, como disse o colega acima, estão mascarando a realidade a respeito do baixo nr de inscritos e prorrogação poosterior dos dois concursos, EsSA e EsPeCEX, estão tapando a boca da tropa com um pseudoreaparelhamento, e pseudocorreções salariais, esta última a mais mentirosa e vil, pois como é de conhecimento geral, mal cobre a inflação do período, e temos ainda 6 meses pra ver a 1 parcela no contracheque. Lamentável. Ainda querem, alguns comandante, motivação.

Anônimo disse...

AGORA IMAGINA COMO NÃO ESTÃO OS CABOS E SOLDADOS DE SALÁRIOS

Anônimo disse...

APELOU, APELOU, APELOU!!! O novo slogan da EsSA: SEJA UM HERÓI DE VERDADE, SEJA SARGENTO DO EXÉRCITO. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK FALA SÉRIO!!!!!!Quem bolou isso???Foi a tiazinha que trabalha na cantina de alguma OM???Só matando!!!!

Anônimo disse...

"SEJA UM HERÓI DE VERDADE, SEJA SARGENTO DO EXÉRCITO", na verdade essa frase deveria ser corrigida para: "SEJA UM HERÓI DE VERDADE, SOBREVIVA COM NOSSO SALÁRIO DE SARGENTO".

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics