7 de setembro de 2012

Sargento do Exército pede demissão por falta de perspectiva profissional

Emblemático.

53 comentários:

Anônimo disse...

Parabens, companheiro. Alguns estão morrendo de inveja. Espero que muitos outros sigam seu exemplo.

Anônimo disse...

Que triste, quanta luta, quanto sonho deixado para trás. O que estão fazendo com essa classe é uma verdadeira chacina.

Anônimo disse...

Com certeza um grande perda para o EB. Seja muito feliz na nova profissão Sgt Pacelli.

Anônimo disse...

Precisava de tanta frescura??? Precisou de todo esse tempo pra descobrir q não vale a pena ser baba ovo???

Anônimo disse...

PARABÉNS
CARO AMIGO SEJA FELIZ DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO.
COM CERTEZA VOCÊ TÁ FAZENDO A COISA CERTA

Anônimo disse...

Caros colegas,
Há relatos de que existem tenentes de AMAN saindo do EB sem mesmo passar em nenhum concurso, só para ter melhor condições para estudar, se preparar para concursos melhores.

Anônimo disse...

Parabéns pela coragem!
Sucesso na nova vida!
Abraço

Grande militar que o EB perde!

Anônimo disse...

Caro Montedo,

sobre a notícia publicada aqui no blog "nos comentários" sobre a voltado da grat tempo de serviço que seria VOTADA HOJE, existe a confirmação da notícia, ou é apenas, um bizu furado?
Att,
sgt Inf 92

Papa Sierra disse...

Infelizmente as Forças Armadas estão perdendo excelentes profissionais e não conseguirão mais atrair para seus quadros integrantes com a mesma capacidade. O Brasil terá enfim as forças armadas que merece.

Anônimo disse...

Amigo, parabéns!! finalmente poderá dar uma vida digna a sua família! Seja feliz e lá do lado de fora não esqueça de quem sofre aqui...Mostre a verdade a quem lhe interpelar.

Anônimo disse...

PARABÉNS CARO COLEGA VOCÊ ESTÁ FAZENDO A COISA CERTA. NÃO PERCA O SEU TEMPO E CAPACIDADE COM O EB PORQUE O EXÉRCITO NÃO TE MERECE. EU TAMBÉM ESTOU TENTANDO UM CONCURSO E EM BREVE SAIREI DESSE INFERNO CHAMADO EXÉRCITO ONDE PRAÇA NÃO TEM VALOR ALGUM E É TRATADO COMO SERVIÇAL.
2º SGT SAU

Plim! disse...

Dinheiro é pra quem é fraco, fraco precisa de carro para se locomover, quem é forte vai a pé.

Mujahdin Cucaracha disse...

Achei válido o texto como forma de desabafo e denúncia da situação caótica por que passam os militares.
Mas ao invés de fazer um documento cheio de auto elogios, dirigido ao seu Comandante de Companhia - com todo o conhecimento jurídico que alega e demonstra - o Sargento deveria ter feito um simples Requerimento, conforme modelo institucional, dirigido ao Comandante da Unidade e amparado no Art 150 da LSM.

Anônimo disse...

Caros,
Sgt não pede demissão, e sim licenciamento. Como advogado ele deve saber que o processo pode não prosperar, podendo ser indeferido por erro de ação.
Demissão cabe apenas ao oficial de carreira.

Anônimo disse...

parabens por sua conduta nesses longos anos de dedicação, que as autoridades façam algo para que outros não tenham o sonho desfeito, como estã acontecendo com voce.adsumus

Anônimo disse...

O Exército é igual ao TITANIC, tá afundando a cada minuto.

Estagnação social, financeira, intelectual, ... É isso que o EB lhe proporciona!

Sub Ten Tu 87 disse...

Tirei a manhã de hoje para refletir sobre este “fabuloso” reajuste de 30% em três anos e cheguei a uma conclusão que pode desagradar e gerar críticas a muitos que frequentam os nossos blogs militares, entretanto, na minha modesta opinião de praça sem cultura, é a pura verdade.
Um General de Exército percebe hoje como remuneração o soldo, adicional de tempo de serviço, adicional de permanência, adicional de habilitação no valor de 30% e Adicional Militar no valor de 28%, não estou afirmando que não mereçam tais considerações, pois é uma vida inteira dedicada ao serviço militar, tanto em estudos, como em responsabilidade, não compactuo com essa guerrinha que normalmente vejo nos blogs de Oficiais e Praças com trocas de “elogios” de ambos os lados.
Observando o almanaque de Oficiais Generais peguei para exemplo um General promovido em 2007 e que em 2015, ocasião da última e fatídica parcela, aqueles que conseguirem, estarão sendo promovidos a General de Exército, observem bem como estará sua remuneração naquela ocasião soldo, adicional de tempo de serviço de 30% pois eles de acordo com o observado no almanaque são praças de 1973 e como oficial geralmente não tiravam LE, por ocasião da implantação da nova LRM já haviam completado o seu tempo, adicional militar de 28%, adicional de permanência de 15%, pois eram coroneis no momento da mudança da LRM e Adicional de Habilitação de 30%, transformando em números, uma receita de R$ 22.019,78.
Hoje um delegado de Polícia Federal no topo de carreira, segundo dados da imprensa, ganha R$ 19.600,00, com os 15,8% de reajuste padrão que foi dado pelo Governo Federal, embora permaneçam em greve preferindo buscar a reestruturação da carreira, passariam a R$ 22.696,80.
Porque eu fiz esta análise, vejam bem, o topo da carreira do militar equivale basicamente ao topo da carreira do Policial Federal, logo, estão ganhando bem, não que não mereçam conforme afirmei anteriormente, por outro lado, a base da carreira do policial federal que hoje começa com um salário de R$ 7.000,00, passará com os 15,8% a perceber um salário de R$ 8.106,00 em início de carreira, enquanto isso um 3º Sgt que normalmente é a primeira graduação em condições de adquirir uma estabilidade, pelo menos no EB, passara de uma receita de R$ 2.900,00, pois, não possui tempo de serviço nem adicional de permanência, além de possuir gratificações com os valores bem abaixo dos citados acima, para R$ 3.774,72.
Resumindo, o grande problema hoje, na minha modesta opinião está nesta LRM que deveria ser revista imediatamente diminuindo esta diferença abissal entre os soldos alterando o escalonamento vertical e as gratificações do topo de carreira com os da pírâmide mais baixa da carreira, bem como, a volta pelo menos do adicional de tempo de serviço, concluindo, não adianta ficarmos nos batendo por 135%, pois, os nossos Chefes nunca brigariam por isto, porque neste caso eles ultrapassariam e muito o teto máximo do funcionalismo, o nosso grande problema está neste escalonamento vertical e nos percentuais de gratificação, se isso aqui fosse uma cadeia alimentar, quem está no topo dela está bem, já quem está na base está lascado, fiz este texto para uma reflexão, gosto de debates, um bom dia a todos.

Anônimo disse...

Sou militar não por opção e sim por falta dela, é claro que se o cidadão encontrou algo melhor tem mesmo que sairm porém a grande maioria só sabem reclamar, e não tem a coragem desse companheiro. Parabens pelo gesto companheiro.

Anônimo disse...

ISSO MESMO, SE TODO MILITAR QUE PEDIR BAIXA E EXPOR ISSO NA IMPRENSA, LOGO LOGO CHEGARÁ A SOCIEDADE O DESCASO DO NOSSO GOVERNO COM AS NOSSAS FORÇAS ARMADAS. NÃO DEIXA DE SER UM ATO POLITICO E SENSO POLÍTICO É O QUE ESTÁ FALTANDO PARA NÓS MILITARES NESTE MOMENTO DIFÍCIL EM QUE ESTAMOS PASSANDO.

Anônimo disse...

Parabéns companheiro, e boa sorte na nova jornada.Não é o seu caso, mas tenho visto pedidos de baixa pelos motivos mais improváveis,como por exemplo: transferência sem o militar ter solicitado, voltar a morar com os pais para tentar outro concurso, para ser soldado da PM em seu estado de origem, para ser sustentado pela esposa enquanto estuda 12h por dia, entre outros.

Anônimo disse...

Esse cara me dá inveja e estímulo para eu terminar a minha faculdade e cair fora dessa m chamada forças armadas. FORA DILMA, FORA PT E FORA AMORIM!

Anônimo disse...

No meu quartel aqui no Rio tem gente dando baixa com 5 meses de caserna é o caso de 3 sargentos temporários que pediram para irem embora neste mês. Motivo trabalha-se muito e ganha-se pouco. Hoje não dá mais apertar o militar temporário eles não fazem mais questão de permanecer na força, ficou difícil para comandar. PARABÉNS AO NOBRE SARGENTO QUE DEU BAIXA, SEJA FELIZ AMIGO COMO UM BRILHANTE ADVOGADO AÍ FORA.

1º SGT SAU/HCE

Jorge EB disse...

Prezado Pacelli,

Meus Parabéns pela coragem e atitude que todos os seus sonhos e metas sejam cumpridos da melhor forma. Deus o abençoe !!!

Não temos dúvidas que grande parte dos Oficiais e Sargentos das Forças Armadas fazem jus a uma melhor remuneração, pois possuem um grande nível de conhecimento e um elevado caráter profissional em diversas áreas de atuação, torcemos que todos pensem e analisem as perspectivas pessoais dentro da força e vejam se realmente valerá a pena o salário ou aumento que receberá ao decorrer dos anos.

PLANEJAMENTO, ATITUDE E MUITO ESTUDO EM PROL DE UMA CONDIÇÃO DE VIDA MELHOR PARA TODOS QUE NOS CERCAM.

A PIOR COISA DENTRO DE UMA PROFISSÃO É A FALTA DE RECONHECIMENTO COMBINADA COM UMA BAIXA REMUNERAÇÃO, LEVA A UMA DEBANDADA GERAL !!!

Anônimo disse...

Parabens amigo, tudo de bom pra ti e tua família. Se a força não te deu valor fez muito bem em abandoná-la. Que isso sirva de exemplo a ser seguido pelos companheiros mais novos porque eu infelizmente demorei muito para perceber essa ilusão que é ser sargento, agora só me falta esperar +- uns 5 anos e me aposentar.

Anônimo disse...

Em primeiro lugar, o Sargento nçao pede demissão e sim, LICENCIAMENTO. Para isso, existe um modelo previsto para tal. Pelo visto, tem muita gente que quer fazer o mesmo mas nçao tem a coragem que o mesmo teve.

Anônimo disse...

N a minha OM 2 sargentos de carreira deram baixa: um porque se formou em educação física o outro montou um mercado. Os caras não estão fazendo questão de ficar servindo à pátria com esses salários miseráveis. Os caras estão chutando balde mesmo. Fora isso tem uns 15 sargentos se preparando para o concurso da PRF. Quando sair esse concurso a debandada vai ser muito grande e haverá um esvaziamento sem precedentes na história das FFAA.

2º Sgt Com/Rio

Anônimo disse...

GOSTARIA MUITO QUE MEU MARIDO TBM FIZESSE ISSO E TENTASSE UM CONCURSO PR TRT ,EU ESTUDO PRA ELE HÁ UNS 2 ANOS E ELE PENSA EM FAZER,MAIS DESANIMA QD LEMBRA QUE JÁ TEM 17 ANOS DE CARREIRA NA MARINHA.MAS PARABÉNS AOS QUE TEM CORAGEM PARA ENFRENTAR NOVOS DESAFIOS E LUTAR PELA SUA INDEPENDÊNCIA

Anônimo disse...

Pacelli,me deu vergonha esse papelão que vc tá fazendo cara.
Vc tem dinheiro cara, conta a verdade pra todo mundo, nao faz esse papelão.
Mas mesmo assim, boa sorte seu raro!!!

Anônimo disse...

De milico a paisano
As dificuldades do reingresso na vida civil
http://especiais.ne10.uol.com.br/7_setembro/index.html

Anônimo disse...

Que inveja, mas em breve estarei no mesmo caminho! Felicidades na VIDA REAL porque a V.O. já era...

Anônimo disse...

Meus amigos, vou falar só um coisa: servi numa OM no CMS, que não vou citar, e lá tinha um capitão show-man... Com sua história triste comovia a todos... Depois de alguns anos servindo com o mesmo, aí vemos que a mascara cai... Tem muita gente que gosta de aparecer. E, no fundo, não vale nada. Não estou falando que esse é o caso desse sargento, mas cuidado com os "mártires" que aparecem por ai, que se sacrificam, são super-homens, maltratados pela força... Cuidado... Alguns comentaram acima e falaram que a história não é bem essa...

Anônimo disse...

Em 2006, faltando um ano para sair QAO, pedi reserva com 28 anos e 06 meses. Vazei. Trabalho a 06 anos, na construção civil, de forma econômica, inteligente e colocando também, a mão na massa.
Se em 28 anos de EB, consegui juntar um patrimônio de 400 mil. Na vida civil, em 06 anos, tenho um patrimônio de + ou - 2.600 (dois milhões e seiscentos mil).
Com toda modestia, sou competente, um pouco inteligente e não sou preguiçoso.
Aplausos para o meu conterrâneo que pedi licenciamento.

Anônimo disse...

Na aviação do exército 30 baixas de SGTs em média por ano, pelos mais diversos motivos, mais recentemente os com menos de 5 anos de serviço também estão indo embora. Uma crise de recursos que os altos coturnos não sabem como resolver.

Anônimo disse...

É, TEM GENTE QUE GOSTA DE UM TEATRO...
"EXÉRCITO.
AME-O OU DEIXE-O".
MESMO ASSIM, SEJA FELIZ!
JBL

Quintilha, o Contra-Revolucionário disse...

Lembre-se camarada que se formou com o salário pago seriamente e corretamente pelo Exército. Pouco ou muito, a Força te pagou regularmente. Servi com outros sargentos que deram baixa (sim, sargento não pede demissão imediatamente!), saíram tranquilamente, sem jogar confete para cima e passar por baixo. Boa sorte na vida paisana camarada, lembre-se que suas conquistas tem um esteio.

Anônimo disse...

Parabéns pelo objetivo alcançado. O Sr é meu farol..... Sou 3 Sgt Com e acadêmico de Direito e pretendo em breve deixar a caserna. Não somos mercenários em busca de grandes remunerações mas com o salário atual não dá!!!! Um exemplo bem claro que não é mais atrativo ser Sargento é o baixo números de inscritos no concurso CFS 12, foram apenas 9 mil candidatos. Espero que o Gen Enzo não fale besteiras em dizer que é falta de pendor e bla bla bla...

Anônimo disse...

Parabéns!!é o sonho de todo sargento!!!nos inspira a correr atras de nossos objetivos!
Não conheço uma pessoa que saiu e se arrependeu, não vai ser vc Ex companheiro de farda!

2º Sgt EB

Anônimo disse...

Ao anônimo de 23:57, o exército não fez nenhum favor a ele por ter lhe pago seu salário, foi uma troca, ele ofereceu sua força de trabalho pelo merecido e conquistado soldo recebido.

Anônimo disse...

Se alguns não perceberam, isto foi um desabafo. Espero que exemplos como este, sirva para os nossos chefes se atentarem de que alguma coisa esta errada. Muitos assuntos abordados pelas praças, não são nenhum absurdo (melhoria do plano de carreira, modernização do RISG, por exemplo). A luz amarela já se acendeu, os sinais estão ai: baixa procura pela carreira militar, evasão em massa de profissionais (na Aviação, esta chegando a níveis críticos).Até agora, não vi nenhuma medida efetiva (ou melhor, não vi medida nenhuma), será que vão esperar entrar em colapso por falta de pessoal, antes de tomar medidas para minimizam o problema.
Quero dizer, não é melhoria do plano de carreira (gera a impressão que esta privilegiando determinado grupo), e sim, modernização do plano de carreira (buscando otimizar o funcionamento da instituição).
Por que não criar o Sgt Major? Mas é claro, não só graduação, mas também a função correspondente. Os senhores, tem os seus exemplos de sucesso na carreira; General fulano, Coronel Beltrano. E o praça...?? Todos os meus exemplos de praça de sucesso, estão fora da força; o Sr Auditor Fulano, o Delegado Federal Beltrano, o Fiscal do ICMS, meia dúzia de Delegados Estaduais, o Auditor do TCU, uma dezena de Agentes Federais. Já são quase uma centena de exemplos, nos últimos 10 anos.

Anônimo disse...

Caramba como é que tem militar invejoso nesses comentários aí de cima. Devemos sim parabenizar o Sgt Pacelli porque ele fez do seu licenciamento um ato político e inteligente. Virtudes assim tem que ser enaltecidas e copiadas, e não ser contestadas como estão fazendo aqui. Estou me preparando para o concurso do TRT e se for aprovado vou fazer a mesma coisa e vou mais longe ainda: vou tentar colocar isso em um grande veículo de comunicação e tornar público as nossas mazelas. PARABÉNS PACELLI SOU TEU FÃ, UM ABRAÇO!

Anônimo disse...

Parabéns, tudo de bom nessa nova caminhada! Se Deus quiser um dia chegará a minha vez, agora é terminar a faculdade e tentar qualquer coisa, pois qualquer concurso é melhor que ser sargento do exército, com esse salário baixérrimo, que mal dá pra pagar as contas, e não adianta esperar nada mais, esses 30% em 3 anos, não farão a miníma diferença, e nossos chefes sempre caladinhos! Um dia estarei postando a minha foto assim também, tenho certeza absoluta! 3º sgt cav 01 - marechal hermes!

Anônimo disse...

PARABÉNS PACELLI, PELO SEU ATO INOVADOR, PELA CORAGEM, PELA INICIATIVA, TIVE O HONRA DE ME FORMAR COM VOCÊ, EM 2002, NA ESSA, VOCE SERVE COMO EXEMPLO PARA TODOS NÓS. NAO SE IMPORTE COM PESSOAS INVEJOSAS E ACOMODADAS, NO EB, EXISTEM MUITAS

Anônimo disse...

"O pior cego é aquele que não quer ver"
Servi o Exército por 10 anos, depois de 9 anos fui promovido de 3º Sgt a 2º Sgt, tive um aumento de salário aproximado de uns 500 reais, meu salário atual era de aproximadamente 3.500 reais, sou formado em Direito, e consigo vislumbrar o final da minha carreira, que no máximo chegaria ao posto de capitão depois de mais ou menos 33 anos de serviço, estaria com o salário de aproximadamente uns 6.000 líquido e com 52 anos, não sou casado e não tenho filhos, mas pretendo formar uma família e ter dois filhos, pergunto: - com este salário, que vida vou poder proporcionar a minha família? A qual sacrificarei, com mudanças de cidades de tempo em tempo, com transferências nem sempre para locais desejados.
Apesar de ser filho e neto de militar, ter sonhado em ser militar, ser totalmente vocacionado a profissão, nunca fui repreendido, sempre elogiado, sempre bem fardado, campeão de tiro de pistola por equipe da 6ª RM, não ter nenhum recalque quanto a força terrestre, amar ser militar, passei a morar no quartel, juntei dinheiro, e pedi minha baixa, hoje me dedico integalmente aos estudos, e a realização de um novo sonho, o de ser policial federal.
O que mais me revolta é saber que a Força prefere se omitir, e fingir que ta tudo bem, na verdade não poderia esperar algo diferente, uma vez que a doutrina seguida nos quarteis é a de maquiamento, ou melhor camuflagem por dissimulação dos problemas, para se ter uma falsa impressão de boa gestão, ou seja se vc não me apresenta os problemas é porque esta tudo bem e vc esta sabendo administrar bem a miséria, assim que os comandantes de unidade agem quando recebem a visita de um general, servem um excelente banquete as custas de economia na comida do soldado, pintam os quarteis , escondem as sucatas, e a insatisfação da tropa.
"É senhores nada mudou"... e nunca vai mudar!!

Lundgren disse...

meu nome é diego, completarei 20 anos este ano, meu objetivo é prestar o concurso pra sargento, queria que vcs ai me desse alguma dica se a minha ideia é boa ou não, amo o exercito apesar de nunca ter sido militar, e eu não me vejo fazendo outra coisa, a não ser ser um militar de carreira. obrigado a todos que comentarem.

Anônimo disse...

Também fui militar da MB, havia passado na prova de sargento e já tinha 11 anos de casa, era estabilizado,porém consegui acordar para vida e dei um basta em apenas alguns minutos, fiz um requerimento de baixa, não deixaram que eu aguardasse em casa, faltei uma semana a bordo e quando apresentei-me o comando pelo amor de Deus manda este problema aguardar em casa, não quero PS no meu navio. Hoje estou aqui, um paisano, feliz, cursando medicina, oportunidade que jamais teria na Marinha. Boa sorte aos que acreditam em si mesmos.

Anônimo disse...

Forças Armadas:
- Trabalho extra às noites e finais de semana, sem previsão nenhuma na lei de direito à remuneração por hora extra. (quem foi que chegou a conclusão que ser militar 24hs significa não ter direito a remuneração para trabalhos além do expediente? Ainda mais em época de paz.) Vai ver se a PF se mexe se não receber a hora-extra.
- Sem relógio-ponto ou cartão-ponto: Porque não é interesse registrar que hora vc sai da OM. Nem quantas horas extras trabalhou.
- Sem adicional trabalho noturno.
- Escalas de 24hs, e no dia seguinte não é dispensado, tem que voltar pro expediente normal.
- Que mais ?...

Tem que mudar a mentalidade. Valorizar mais o militar que está disponível 24hs para a nação.

Anônimo disse...


EX-PMDF

Vamos gente temos que continuar a sonhar e estudar… Existe algo alem das FFAA/PMs. Passei 15 anos sonhando e meu dia chegou. Prestei mais de 20 (vinte) concursos (DPF/PCDF/PRF/MPU/TJDFT/TSE/TRE/TTTTTTTT……) até chegar a minha vez na fila. Valeu a pena.

SÓ EXISTE TRÊS FORMAS DE VC NÃO PASSAR EM UM CONCURSO PÚBLICO:

SE VC NÃO ESTUDAR;
SE VC DESISTIR DE SONHAR;
SE VC MORRER.




Anônimo disse...


Amigo Pacelli,

Senti na pele tudo que vc passou no EB, foi militar por quase 15 anos, e o que recebi de presente de aniversário??? Promoção a CB-PM. Neste momento percebi que deveria retirar o diploma da gaveta e estudar para concurso público. Hoje sou Analista de Planejamento do DF, amanhã serei Delegado de Polícia, Promotor, Juiz de Direito... Se um dia me falaram que morreria na gloriosa, hoje estou aqui no ar condicionado tomando cafezinho. Se existe um dia feliz, este dia é aquele em que vc deslumbra com seu nome sendo nomeado em um cargo público. Valeu a pena estudar e principalmente sonhar.

"Nada me será útil se não tiver sabedoria" Rei Salomão
Att Ex-PMDF

Anônimo disse...

Ninguém prometeu à ninguém vida boa nas Forças Armadas. Ser militar é acreditar em um ideal e não lutar por aumento salarial.

Pedro Maiden disse...

Estudei muito pra fazer a prova da ESSA esse ano, e tenho certeza que irei passar, pois meu potencial é grande... Mas depois do que li em vários comentários, acho que farei a prova só pra pegar experiência mesmo, pois se eu passar, acho que não irei servir... Bom, tenho 23 anos, sou sustentado pelos meus pais, não tenho dívidas, sou solteiro, tenho superior em ADM... Eu achava que a ESSA era tudo, mas percebi que não é, se tenho condição em passar em algum concurso melhor, irei lutar por isso, pois tenho potencial... Mas infelizmente não seguirei a carreira militar, apesar de ser meu sonho! Obrigado! :(
by: Pedro Henrique

henrique barbosa disse...

CARAMBA FOI O TEMPO EM QUE SER MILITAR VALIA A PENA
FIZ A PROVA D A ESSA ESSE ANO MAIS JA TO ATÉ DESANIMADO VENDO OS COMENTÁRIOS DO PESSOAL FALANDO COMO É A REALIDADE DO EB

Anônimo disse...

Entrei em 2007 e saí em 2010.... Fiquei menos de 2 anos como sgt. Servi na bda inf pqdt. O maior embuste que pode existir. Com raríssimas exceções o restante era tudo fraquíssimo profissionalmente falando. Uma grande decepção. Agradeço a deus por ter me dado a oportunidade de entrar e ainda mais por ter me tirado de lá. Saí em outubro de 2010 e não houve um.único dia q tenha me arrependido. Cheguei a presenciar sgt saindo pra vender avon e natura pq pagaria mais. Enfim... Vida q segue

Anônimo disse...

Meus parabéns nobre colega. Eu sou hoje reformado, após decorridos os dez anos de ida para a Reserva Remunerada. Tenho curso de aperfeiçoamento que deveriam me assegurar promoções até capitão, mas fui pra reserva como subtenente. Minhas habilidades intelectuais foram testadas com todas as capacidades do Segundo Grau Completo, mas não me foi dado o Certificado deste grau de instrução. Colegas meus percebem quantia em dobro ou três vezes que eu recebo. Jamais verei meus direitos reconhecidos. Que Deus te dê as merecidas Vitórias e realizações profissionais e familiares, pessoais! Amém!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics