18 de junho de 2012

Panelaço: Veja escancara situação salarial dos militares das Forças Armadas

Serviço público
Forças Armadas do Brasil: treinados, armados e mal pagos

Impedidos de fazer greve ou manifestações, os mais de 339 000 homens da Marinha, do Exército e da Aeronáutica viram seus salários serem achatados ao longo dos anos, o que criou distorções absurdas. Um comandante de porta-aviões, por exemplo, ganha menos que um gráfico do Senado Federal
Carolina Freitas e Gabriel Castro
Soldados do exército brasileiro
Soldados do Exército Brasileiro: muita responsabilidade, pouca remuneração (Orlando Brito)

Neste domingo, familiares de militares marcharam a partir das 15 horas pela orla da Praia de Copacabana no Rio de Janeiro em um protesto por aumento salarial. A manifestação, batizada de “panelaço”, aproveitou a presença de autoridades do governo e representantes internacionais no Forte de Copacabana para a Conferência Rio+20 para dar visibilidade à causa. Dados levantados pelo site de VEJA mostram a discrepância salarial entre os militares – que somam um efetivo de 339 364 homens - e os demais servidores públicos federais. Um operador de máquina do Senado Federal, responsável por colocar em funcionamento as máquinas do serviço gráfico da Casa, por exemplo, recebe salário de 14 421,75 reais. A vaga, preenchida por concurso, exige apenas Ensino Fundamental completo. Enquanto isso, um capitão-de-mar-e-guerra, o quarto posto mais alto dentro da hierarquia da Marinha e responsável, por exemplo, por comandar um porta-aviões, recebe remuneração de 13 109,45 reais. Veja outras comparações salariais e quanto ganha quem comanda as tropas ao final desta reportagem.
Os militares da ativa são proibidos de se manifestar. Por isso, escalaram suas mulheres para ir às ruas. Ivone Luzardo preside a União Nacional das Esposas de Militares (Unemfa) e é uma das articuladoras do protesto deste domingo. Ela causou alvoroço em março ao subir a rampa do Palácio do Planalto, em Brasília, de uso restrito da presidente. Tudo para chamar a atenção para as reivindicações salariais da categoria. Em maio, conseguiu entregar nas mãos da presidente um ofício com um pedido de audiência. Não obteve resposta. “O governo precisa separar a história da realidade”, afirma Ivone. “Os militares assumiram o poder nos anos 1960 porque ninguém queria um país comunista. Os que hoje estão no governo eram contra os militares na época. Criou-se um revanchismo.”
Outro líder do movimento é o militar reformado Marcelo Machado. Ele presidente a Associação Nacional dos Militares do Brasil, fundada há um ano e com sede no Rio de Janeiro e em Brasília. “A insatisfação é geral. Enquanto os comandantes das Forças Armadas têm salário de ministro, nós ficamos a pão e água”, diz Machado. “Os colegas não podem se manifestar, mas, por ser reformado, tenho sorte de ninguém poder me punir.” O movimento vem ganhando força a ponto de as duas associações terem marcado para 30 de agosto o 1º Congresso Nacional da Família Militar.
Sob a condição de anonimato, pelo temor de represálias, militares da ativa e da reserva aceitaram conversar com a reportagem do site de VEJA. Eles narram uma rotina de dificuldades financeiras, endividamento e condições precárias para as famílias de militares que são transferidos de cidade. “Há militares com 25 anos de serviço em capitais que residem em quarteis, em alojamentos paupérrimos, com a família a 200 quilômetros de distância, onde podem pagar pelo aluguel”, relata um subtenente com 27 anos de Exército.
Um capitão do Exército da reserva aceitou mostrar seu contracheque (veja detalhes na ilustração ao lado). Ele tem 60% de seu soldo, de 5 340 reais, comprometido com empréstimos e financiamento imobiliário. Ao soldo somam-se gratificações pelo tempo de serviço e por especialização na profissão que dobram o valor da remuneração. Mesmo assim, ele chega ao final do mês com salário líquido de pouco mais de 3 000 reais depois de 37 anos de dedicação às Forças Armadas. “A vida militar é um sacerdócio, não um emprego. Tenho sangue verde-oliva”, diz o orgulhoso senhor de 57 anos. “Porém, acho injusto um capitão contar o dinheiro para poder trocar de carro enquanto um funcionário de nível médio do Senado anda de automóvel importado.”
Entre as reivindicações das associações de familiares está o pagamento imediato de um porcentual de 28,86%, concedido por lei aos servidores públicos em 1993, durante o governo Itamar Franco, mas nunca entregue aos militares. Em 2003, o Supremo Tribunal Federal editou uma súmula garantindo o pagamento às tropas. Em 2009, a Advocacia-Geral da União reconheceu a decisão. De acordo com o Ministério da Defesa, no entanto, o estudo para pagamento do reajuste está sob análise do Ministério do Planejamento. “A implementação de novos valores dependerá de análise do governo federal, observada a conjuntura econômico-financeira do país”, informou a Defesa. O ministério informou ainda que tem dialogado com o Planejamento “visando a melhoria da remuneração dos militares das Forças Armadas”. Não há, no entanto, previsão de quando pode haver uma resolução sobre o assunto.
Em 2011, a folha de pagamento das três Forças somou 46,56 bilhões de reais, sendo 17,54 bilhões de reais destinado ao pessoal ativo e 29,02 bilhões de reais para inativos e pensionistas.

Fuga da carreira militar
A pouca atratividade financeira da carreira tem feito minguar os quadros das Forças Armadas. Levantamento feito com base em dados do Diário Oficial da União mostra que, de janeiro de 2006 até maio de 2012, 1 215 militares deixaram a carreira. O Exército foi a força que mais perdeu pessoal, 551 homens, seguido pela Marinha, 405, e Aeronáutica, 229. Os detalhes estão no gráfico abaixo. O estudo foi organizado pela assessoria do deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), porta-voz das tropas no Congresso. “Tem muitos oficiais saindo para ganhar mais em outras áreas. E o gasto que o governo tem para formar um militar é altíssimo”, afirma Bolsonaro. “O governo usa o pretexto da indisciplina para nos subjugar.”

As associações de familiares procuraram um por um os parlamentares para pedir a eles apoio para pressionar o governo Dilma Rousseff a conceder aumento. Os apelos tiveram pouca reverberação no Congresso. Além de Bolsonaro, apenas o senador Roberto Requião (PMDB-PR) deu sinais de apoio à causa. Em audiência da Comissão de Relações Exteriores e Defesa da Casa com o ministro da Defesa, Celso Amorim, Requião falou sobre a necessidade de valorizar a carreira militar e sugeriu o agendamento de um encontro na comissão, com a presença do ministro, para tratar do assunto. Até agora, nada está marcado, no entanto.

Promessas
Apesar de todos os entraves agora colocados pelo governo, um plano de reajustes para a categoria estava previsto na Estratégia de Defesa Nacional, lançada em 2008, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, e, ainda, em uma carta da então candidata à Presidência Dilma Rousseff, de 2010. Diz o documento assinado por Dilma e entregue à época aos representantes das Forças Armadas: “Os índices de reajuste salarial conquistados nos últimos dois mandatos presidenciais são uma garantia de que continuaremos efetuando as merecidas reposições.” As tropas, unidas, continuam à espera.

Responsabilidades demais, remuneração de menos
A defasagem dos rendimentos dos militares fica mais evidente quando os salários são comparados aos de funcionários do Congresso Nacional, que estão entre os mais bem pagos do serviço público. Veja quatro exemplos dessa distroção

Faixa salarial: até 5 000 reais
NAS FORÇAS ARMADAS
Cargo: Primeiro-sargento - Salário: 4 844 reais. Atribuições: Na Aeronáutica, uma das funções é coordenar o controle do tráfego aéreo em aeroportos
NO CONGRESSO NACIONAL
Não existem servidores efetivos nessa faixa salarial. Faxineiros e ascensoristas, terceirizados, são os únicos a receber valores abaixo de 5 000 reais.

Faixa salarial: até 10 000 reais
NAS FORÇAS ARMADAS
Cargo: Capitão - Salário: 8 154 reais -Atribuições: No caso da Aeronáutica, pilotar caças como o Mirage 2000, que custa 20 milhões de reais
NO CONGRESSO NACIONAL
Cargo: Nessa faixa salarial, também não existem servidores concursados no Congresso. Esse valor equivale aos rendimentos de um assessor comissionado de sexta categoria, nomeado no gabinete de um deputado federal. Para ocupar o posto, basta ser escolhido pelo parlamentar
Salário: 8 673 reais
Atribuições: Executar tarefas simples de apoio ao deputado.

Faixa salarial: até 15 000 reais 
NAS FORÇAS ARMADAS
Cargo: Capitão-de-mar-e-guerra (Marinha) - Salário: 13 109 reais - Atribuições: No caso da Marinha, é este o posto dos responsáveis por comandar um porta-aviões
NO CONGRESSO NACIONAL
Cargo: Operador de máquina
Salário: Até 14 421 reais
Atribuições: Colocar em funcionamento as máquinas do serviço gráfico do Senado. Exige apenas o Ensino Fundamental.

Faixa salarial: mais de 15 000 reais
NAS FORÇAS ARMADAS
Cargo: General-de-brigada (Exército) - Salário: 16 646 reais - Atribuições: Comandar um grupo de até 5 000 homens em combate
NO CONGRESSO NACIONAL
Cargo: Técnico Legislativo
Atribuições: Digitar documentos, auxiliar na realização de tarefas rotineiras. Exige apenas Nível Médio
Salário: Até 16 563 reais.
Veja.com/montedo.com

32 comentários:

Anônimo disse...

Façamos a nossa parte, sugiro iniciarmos mais uma marcha virtual na página eletrônica do senado, dessa vez requerendo uma audiência na Comissão de Direitos Humanos do Senado, o qual tem como presidente o Sen. Paulo Paim. E ainda, requerendo a presença do MIn. da Defesa, Min. Do Planejamento, Min. da Fazenda, além da participação de lideranças das associações como a UNEMFA entre outras. Vamos a LUTA.

Anônimo disse...

Isso que o Cap da reportagem ganha R$ 1602,00 de adicional por tempo de sv...
Dedico essa reportagem ao nosso companheiro Nathan, que nos seus comentários "motivadores" sempre fala que essas manifestações não dão em nada! Nossa pindaíba só não vira notícia na globo porque tenho minhas dúvidas acerca da imparcialidade político-partidária da emissora...

jbatista disse...

Montedo: Sugiro que vc crie uma nota incentivando o pessoal a comentar a reportagem no site da Veja, isso ajudaria a mostrar o clamor publico em torno do assunto.
Abraço

Anônimo disse...

É HORA DA MÃO AMIGA MOSTRAR SEU BRAÇO FORTE!
RESPOSTA MILITAR AO REVANCHISMO DO PT!!!
CAMPANHA: NÃO AO PT NO GOVERNO!!!
NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES NÃO VOTE EM CADIDATO PETISTA OU COLIGADO!!!
MILITAR, O PT NOS QUER VER LONGE. VAMOS ATENDÊ-LOS!!!
PT EM SÃO PAULO, NUNCA MAIS!!!
JBL

Anônimo disse...

Bem a GLOBO podia noticiar também, ainda mais que estão gravando novelinha na AMAN...

Anônimo disse...

Não é necessário nem ir tão longe comparando as remunerações dos militares com a dos servidores do Legislativo. No próprio Executivo Federal vemos diferenças gritantes entre o que ganha o militar das Forças Armadas o os outros cargos também típicos de Estado (AGU,Defensor, Polícia Federal,PRF, ABIN, Diplomatas, Procuradores Fazendários, Auditor Fiscal etc).

Anônimo disse...

MARAVILHA!!! ESTAMOS BATENDO FORTE NA GUERRILHEIRA. VAMOS EM FRENTE, CONTINUEMOS A PRESSÃO. VAMOS COMPARTILHAR NO TWITTER E NO FACEBOOK. QUEM AINDA NÃO TEM PODE COMEÇAR AGORA....

BOCA-BRABA

Anônimo disse...

Tenho vergonha de ser comandado por tanta gente que não se lembra do que jurou à Bandeira Nacional!

Anônimo disse...

Bela matéria. Solução tem, basta querer, e o governo sabe disso ninguém vai suportar com esse ridículo salário sem a recomposição devida e ter de assistir,ouvir as mensagens de Natal do CMTE. da Marinha mais um ano.

SELVA....

Anônimo disse...

Só comparando com os salários das PM de alguns Estados da Federação:
Soldo Sd PM de Brazilia - 4.269,56
Soldo Sd PM de Sergipe - 3.306,96
Soldo Sd PM de Paraná - 3.250,00
Soldo Sd PM de São Paulo - 2.618,05
Soldo Sd PM de Mato Grosso -2.739,33
Soldo Sd PM de Tocantins - 2.850,00
Soldo Sd PM de Ceará - 2.638,61
Soldo Sd PM da Bahia - 2.557,37
Soldo Sd PM de Santa Catarina - 2.577,99
Soldo Sd PM do Mato Grosso Sul -2.444,59
Soldo Sd PM de Minas Gerais - 2.245,91
Soldo Sd PM do Pará - 2.253,20
Soldo Sd PM do Maranhão - 2.240,00
Soldo Sd PM do Rio Grande do Norte 2.200,00
Soldo Sd PM do Espirito Santo - 2.196,66

Nota: PARA TRABALHAR 10 DIAS NO MÊS!!!!
ESCALA DE 1 POR 2 DIAS

O jovem estudante hoje em dia tem que ser muito idiota pra querer ser militar das Forças desarmadas!!!!!!!

Qual motivação um 3º Sargento terá diante disso?
Qualquer soldado da PM ganhando bem mais que ele!!!!!!?
Não é desmerecendo a Policia Militar, de maneira nenhuma, eles estão sendo reconhecidos.
Mais da metade dos Estados da União já pagam ao seu "soldado" da PM mais do que um 3º Sgt do EB recebe.
E o otário do Sgt do EB vai ficar 9 anos recebendo a mesma m.....quando for promovido a 2º Sgt, verá em seu contra-cheque 200,00 R$ a mais, "quanta vantagem"!

Companheiro, vc que ainda acredita nessa instituição, abra seus olhos e veja. Estude, vamos sair dessa senzala!!!
Somos escravos e o Comando quer que permanecemos assim!

Anônimo disse...

Bando de raposas esses Generais!! Não confio em nenhum Cmdt!! Militares da ativa chegou a nossa hora vamos no mobilizar, precisamos fazer uma marcha real, vamos mostrar que estamos vivos!!

Anônimo disse...

Cargo: Primeiro-sargento - Salário: 4 844 reais


De qual forca armada ele é????

dos E.U.A ????

Anônimo disse...

- A veja poderia incluir esta reportagem na mídia impressa.

Anônimo disse...

Sei que muitos aqui me odiarão pelas minhas palavras e os xingamentos serão incontáveis, porém devemos abrir nossos olhos.
Se o militar de hoje é até um segundo sargento, ele deve estudar, fazer um curso superior e meter o pé nesse barco furado que se chama Forças Armadas. Para os mais antigos, o tempo de serviço fala mais alto e não compensa sair da sua Força. Isso vale também para a carreira de oficial.
Uma coisa que eu percebi na reportagem é a comparação com o Senado, órgão que historicamente paga melhor os seus servidores. Todo mundo com um pouco de conhecimento sabe que o legislativo é a função do estado que melhor remunera seus servidores. Portanto não se deve comparar os soldos dos militares com o salário do Senado ou da Câmara. O que se deve comparar são os soldos da PM do DF, que são pagos pela União, e os soldos das Forças Armadas, ou seja, saem do mesmo "bolso".
Essa opressão salarial acontece graças aos chefes covardes que temos nos altos postos em Brasília. Temos um bando de Generais e Coronéis que comandam de uma sala onde sequer fazem TAF ou TAT e não conhecem a realidade da tropa. Só tem a cabeça pra pensar merda como em aumentar índices do TAF, cortar auxílio-transporte e ficar transferindo um monte de gente que não pediu. Esses são nossos CHEFES! O que pensar diante de um cenário desses? Bom, eu não sei vocês, mas eu só penso em SAIR, passar em um concurso público e esquecer que um dia tirei serviço de guarda, aturei caprichos de oficial temporário zé buceta e saí 4 horas depois do toque de ordem porque o subcomandante estava no meio de um ataque de um chilique por causa da faxina para esperar um general no outro dia.

Anônimo disse...

O maior inimigo do militar é o próprio militar

Baguá disse...

Companheiros militares, é chegada a hora de nos unirmos pelas redes sociais para reveindicar nosso merecido aumento salarial. Contatem seu representante no congresso e exija que ele faça sua parte para valorizar as Forças Armadas Brasileiras. Não é justo que somente nossa classe seja relegada a segundo plano por esse governo revanchista do PT. Militares da ativa não se esqueçam que se tudo transcorrer dentro da normalidade, voces que estaram na reserva, portando, incentivem seus familiares a participarem das manifestações. Depos de estarem de "pijama" nossa força diminui. Ainda sou idealista e acredito que juntos vamos superar os problemas financeiros, que nos envergonham, bem quanto ao fato de sermos tratados por nossos governantes como meros "servos acéfalos". Peço a respeitada Revista Veja que aborde esse relevante tema na versão impressa. Brasil Acima de Tudo!
Baguá

Anônimo disse...

Poderia até servir como medida paliativa, fazer o que fizeram os bombeiros do rio de janeiro, já que nao podem dar aumento para os militares, que diminuam os interstícios para promoção em pelo menos 2 anos entre cada graduação, nao seria a solução mas ajudaria muito aqueles que estão passando por necessidads financeiras.

Anônimo disse...

Em minha opinião colocar um contra cheque de R$10.240,00, não representa o que de fato esta acontecendo com a quase totalidade dos militares da ativa.O mais adequado, seria colocar o de um terceiro/segundo sargento, afinal é o que o sargento de carreira vai receber ao longo de 16 anos ou seja, dos 20 aos 36 anos de idade.

Anônimo disse...

A GLOBO jamais noticia qualquer coisa que vá contra aos interesse do governo e seus Comandos Militares. Os ex-soldados especializados da Aeronáutica tentaram e não conseguiram aparecer na sua grade de reportagens.

milico fudido e mal pago disse...

ISSO É UMA VERGONHA, QUE PAÍS É ESSE...MILITARES SE AFUNDANDO EM EMPRÉSTIMOS PARA PODER DAR UMA VIDA DIGNA AS SUAS FAMILIAS..CONVERSANDO COM UM BOMBEIRO O MESMO NÃO ACREDITOU QUE NÃO TÍNHAMOS TRIÊNIO, LESM E ALÉM DO MAIS EXPEDIENTE TODOS OS DIAS, ISSO NÃO EXISTE, O MESMO FALOU!!!A TV SÓ MOSTRA FILMINHO ONDE TUDO FUNCIONA E É TUDO BONITO, MAS AS PESSOAS NÃO SABEM A MERDA QUE É PRA FAZER ISSO, SEMANAS FILMANDO E DANDO TRABALHO DOBRADO PRA GUARNIÇÃO PRA PASSAR 5 MIN NA TV..QUERO VER MOSTRAR A VERDADE....

Anônimo disse...

Bem! Falando da Globo, eu diria que a Fátima saiu do JN para dar lugar a mulher de um filiado do PT; tanto que não falam mais de corruptação envolvendo os CorruPTos. Sou ST da reserva com muito orgulho, porque não aguentava mais ver tanta incompetência dos nossos superiores. O porra do cap quer fazer a merda da eceme, o cel quer sair gen e o gen que um emprego quando for pra reserva e tem muito praça babando ovo pra ir para brasília ou missão no exterior. Tá difícil unir essa tropa pela melhoria dos salários.

Anônimo disse...

É VERGONHA MEU FILHO É CADETE NA AMAN, GANHA R$840,00 POR MES, UM CADETE DA POLICIA MILITAR DE SP GANHA 2.900,00 ,DE BRASILIA GANHA 5.000,00 E DO EXERCITO É ESSA MICHARIA AI DE R$840,00 ...

Anônimo disse...

O que mais lamento é que não temos mais cmt como antigamente, os atuais, só querem saber de mordomias não estão preocupados com o bem estar de seus comandados. VIVEMOS HOJE EM TOTAL REVANCHISMO E NOSSOS CMT NADA FAZEM.

Anônimo disse...

Além de salários, as Forças Armadas precisam de uma restruturação ampla.

Anônimo disse...

Quem ainda tem esperança, pertence a uma cambada de otários que só vivem chorando. Os livros estão ao alcance de todos. Portanto estudem e saiam dessa palhaçada que são as Forças Armadas e parar de aturar esses Oficias de m... e mimados.

Anônimo disse...

A Dilma está utilizando do sentimento mesquinho de vingança, humilhando as Forças Armadas.
Esse é seu objetivo, por ter sido torturada nos tempos da ditadura.
O que ela se esquecem ´´e que as pessoas que responsáveis por isso, não estão na ativa e na maioria mortos. os tempos são outros e os pobres militares q hoje aí estão , nada tem a ver com isto.
Estão sendo humilhados no seu direito de viver dignamente e sustentar suas famílias. Ela nos quer pedindo esmola...
Será então que isso a satisfazeria ?
Fala sério Presidente, essa vingança é injusta. Não lhe fará se sentir melhor , supere seus traumas de outra forma. Que tal por Jesus em seu coração. Ele foi o indivíduo mais humilhado em todos os tempos e ainda assassinado injustamente e no entanto seu maior ensinamento foi amar-mos uns aos outros e praticar o perdão.

Anônimo disse...

Me chamo Henrique Lopes, sou um jovem civil de 21 anos que adimira muitíssimo as FA brasileiras . Militares das forças armadas não se calem diante dessa proposta de aumento miserável de 20%!!! Não se curvem diante desse "cala boca"!!! Vocês homens e mulheres das forças armadas merecem um aumento muito maior por tudo o que fazem pela sociedade brasileira!!! Vocês NÃO DEVEM DESISTIR dessa empreitada por uma remuneração dígna!!! NÃO CESSEM DE PROTESTAR, MESMO QUE SEJA DE MANEIRA VIRTUAL ! A sociedade brasileira precisa conhecer a verdadeira face desse governo dominado por RATOS do PT !!!

Anônimo disse...

Eu gostaria de saber se o Sr. Celso Amorim algum dia calçou um coturno ou participou de alguma rotina de quartel. A força está nas mãos dos inimigos. Os nossos comandantes ganham tão bem exatamente para não falarem nada. Onde está o espírito de corpo?

Anônimo disse...

SE VOCE FALAR EM FAVOR DE AUMENTO DOS MILITARES, COLOCO OUTRO NO SEU LUGAR, A FILA ESTÁ GRANDE. TAI O PROBLEMA NINGUÉM QUER PERDER A MORDOMIA.

Anônimo disse...

Há uma tabela de servidores civis das Forças Armadas, cuja reunião decisória para aprovação será no dia 18/07, na qual um servidor de nível técnico passará a receber proventos equivalentes so de um oficial superior.
O coverno precisa rever a situação salarial dos militares, sob o risco de haver uma evasão maior ainda!!!

Anônimo disse...

RUBEN. JOVENS REALMENTE ESTUDEM PARA SER ALGUÉM NA VIDA, FAÇAM UM CURSO TÉCNICO. JÁ BASTA PARA GANHAR MAIS QUE UM MILITAR DAS FORÇAS ARMADAS. EU ME ENVERGONHO DESSES OF. GENERAIS EGOÍSTAS.

Anônimo disse...

Eu acho que Os Comandantes das FFAA representam bem os militares destas Gloriosas Forças. eles estão a altura das tropas que comandam e seus salários são até razoáveis. O militar não precisa de aumento ele se contenta com a ilusão dos "bizus",também não precisa de reaparelhamento, ele é criativo como um pinto do lixo. Como a sua representatividade é praticamente nula, (cidadão meia boca),deveria ser enquadrado em uma classificação, "tipo NET", semi-imputável ou coisa parecida. Pois seu sofrimento não interessa à ninguém, muito menos seus direitos básicos para manter sua dignidade, são respeitados. Eleição é o único momento que tem força, mas ainda falta inteligência, cumplicidade, união, determinação, diligência, ... ... ... será que haverá vida inteligente e unida em um só propósito na caserna! Acho que não, ... ... ... vão continuar na mesma M!

Arquivo do blog

Real Time Web Analytics